handstalk, o conteúdo é acessivel com Vlibras!

O projeto mensal do MIS registra depoimentos de compositores e intérpretes icônicos da música popular brasileira. Entre os convidados que já participaram da iniciativa estão Ney Matogrosso, Carlinhos Brown, Simone, Ivan Lins e Moraes Moreira. Divide-se em duas etapas: a primeira é composta de um longo depoimento conduzido pela historiadora Rosana Caramaschi e realizado em estúdio, que passa a integrar o acervo do MIS. A segunda etapa é realizada ao vivo no palco do Auditório MIS, com mediação do jornalista Zeca Camargo e a presença do grupo Gama Musical, dirigida por Yan Montenegro, que cria releituras inéditas e exclusivas dos maiores sucessos do homenageado. A entrada é livre, e o público pode participar fazendo perguntas, que passam a integram o roteiro da noite. 

O convidado da última edição de 2022 é Philippe Seabra, vocalista, guitarrista e compositor da Plebe Rude, banda crucial para o movimento do rock de Brasília e que completou 40 anos de estrada em 2021. O “Concreto já rachou”, álbum de estreia da banda, ganhou disco de ouro e é considerado um dos melhores do rock nacional: entrou na lista dos 100 discos mais importantes da MPB pela conceituada revista Rolling Stone. Com a Plebe Rude, Philippe lançou mais de uma dezena de álbuns, entre discos de estúdio e ao vivo, e foi indicado ao Grammy Latino em 2011 com o DVD “Rachando o concreto: ao vivo em Brasília”. Como produtor musical em seu estúdio particular, Daybreak, já produziu mais de 30 discos, entre eles o DVD da Plebe Rude “Rachando o concreto ao vivo”, e a trilha sonora do filme “Faroeste caboclo”, que faturou em 2014 o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro como Melhor Trilha Sonora. 

Galeria de Fotos

Governo do Estado de SP